A formação do músico católico é fundamental e a pedra principal é sua obediência e concordância litúrgica.
CASO O PLAYER DE ÁUDIO NÃO CARREGUE, ATUALIZE O NAVEGADOR ATÉ QUE SEJA ATIVADO O botão "PLAY".

sexta-feira, 26 de setembro de 2014

Como escolher Músicas para Missa com base no ensino 79 da CNBB e no Missal Romano - ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO

Aclamação ao Evangelho


As aclamações: Em cada celebração eucarística, cinco aclamações, necessariamente, devem ser cantadas, mesmo naquelas celebrações em que nenhuma outra parte for cantada: o "Aleluia", o "Santo", a Aclamação Memorial (logo após a narrativa da Instituição da Eucaristia), o grande "Amém" (após a doxologia final) e o "Vosso é o Reino..." (após o embolismo que se segue ao Pai-nosso). Na Celebração Dominical da Palavra, três destas aclamações não podem faltar: o "Aleluia", antes do Evangelho, o "Santo", após o canto da "louvação", e o "Vosso é o Reino", após o Pai-nosso.

O "Aleluia"

Função: A aclamação "Hallelu-Jah" ("Louvai ao Senhor!"), que tem sua origem na liturgia judaica, ocupa lugar de destaque na liturgia cristã. Mais do que apenas ornamentar a procissão do Livro, sempre foi a expressão de acolhimento solene de Cristo, que vem a nós por sua palavra viva, sendo assim manifestação da fé nesta presença atuante do Senhor. No caso de uma procissão da Bíblia (ou Lecionário) já ter sido feita antes da primeira leitura, poderia ser executada uma dança (litúrgica) antes da proclamação do Evangelho, ao ser cantado o Aleluia. 

Significado Litúrgico: O Evangelho é o próprio Cristo que nos vem falar a boa notícia. É por isso que, de pé, na posição de quem ouve o recado para ir logo anunciá-lo, todos nós aclamamos a Cristo que vem anunciar suas palavras de salvação, cheios de imensa ALEGRIA.

Forma:

  • Por ser diferente do Salmo Responsorial, o verso entre o canto duplo do "Aleluia", em geral, é uma citação do evangelho que se segue.
  • No tempo em que o "Aleluia!" é omitido, cante-se um verso aclamativo da Sagrada Escritura (por exemplo, Mt 4,4) ou uma doxologia do Novo Testamento (por exemplo, 1Tm 6,16 ou 1Pd 4,11 ou Ap 1,6).
  • O "Aleluia" ou o versículo antes do Evangelho podem ser omitidos, quando não são cantados, e substituídos por um momento de reflexão em silêncio.
  • É de bom costume repetir o "Aleluia!" após o Evangelho, como já ocorre em algumas comunidades.
Dicas:
  • O Aleluia canta-se em todos os tempos fora da Quaresma. Os versículos tomam-se do Lecionário ou do Gradual. Na Quaresma, em vez do Aleluia canta-se o versículo antes do Evangelho que vem no Lecionário. Também se pode cantar outro salmo ou tracto, como se indica no Gradual.
  • No caso de Aleluia já pronto, como por exemplo "Aleluia quando estamos unidos" (Padre Zeca -cd Deus é Dez), é obrigatório substituir o versículo entre o Aleluia (no caso: "quando estamos unidos") pelo do dia. O mesmo vale para todas as canções, onde pode-se manter a melodia mais não o versículo que é único a cada dia.
Este canto é o próprio rito de aclamação ao evangelho e deve ser cantado integralmente.

Para que um determinado canto possa ser considerado como canto de aclamação ao evangelho, este deve obrigatoriamente conter a palavra ALELUIA, que significa alegria, exceto no Tempo da Quaresma onde este aleluia é vetado, em virtude do forte tempo de penitência e contrição.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...